Serras e Montanhas - Encante-se com a beleza natural do Gerês

Um território de montanha representa um local por excelência para a promoção de novos destinos turísticos que aliados à riqueza do património natural e cultural, propiciam a prática e o fruir de actividades de recreio, lazer, em contacto permanente com o meio ambiente.

montanhas-turismo-rural-geres-pousadas

O uso e conservação dos espaços naturais, são factores cruciais que importa atender no incremento do turismo e seus segmentos; turismo da natureza, turismo ambiental, turismo activo, ecoturismo. Trata-se de um movimento turístico que implica atrair visitantes do mundo urbano para estas áreas, por períodos mais curtos ou mais longos, criando alternativas ao tradicional turismo de massas.

paisagem-geres-montanhas-cascatasA criação de estratégias de preservação e gestão dos espaços naturais, a partir de actividades múltiplas e abrangentes, seja na componente natural, cultural, histórica e etnográfica, convertem-se em factores de grande potencial turístico. Por este conjunto patrimonial de extremo valor as empresas de animação, entre outra tipologia de organismos, têm possibilidades de fomentar um nível significativo de empregabilidade. Os recursos naturais, quando adequadamente geridos e utilizados permitem atenuar as assimetrias regionais, contribuir para o quadro de empregabilidade, suscitar um dinamismo e desenvolvimento local.

Esta perspectiva, tem sido pronunciada, frequentemente e noutros tempos, como o fez Tude de Sousa, no ano de 1927, “é preciso que o turismo alpestre se crie e se desenvolva, é preciso escalar a montanha e fixar por lá temporadas de dias de pleno ar, de plena luz, de plena natureza. E nenhuma serra convida tanto como o Gerez, onde os homens e as árvores, as pedras e as águas, a sua fauna e a sua constituição própria, nascidas, criadas e irmanadas num admirável conjunto, oferecem ao forasteiro atractivos sem rival.” As serras do Gerês e Amarela, espaços naturais de grande importância, inseridos no Parque Nacional da Peneda-Gerês, têm sido palco de notáveis e interessantes observações orais e escritas, desenvolvidas por inúmeros especialistas de áreas distintas.

Entre um vasto grupo de notáveis autores, destaca-se Miguel Torga que refere “A serra Amarela é um dos ermos mais perfeitos de Portugal. Situada entre o Gerês e o Lindoso, as suas dobras são largas, fundas e solenes. (…) Não há estradas, senão as da raposa matreira, nem pousadas, senão as cabanas dos pastores”. (Vilarinho da Furna, no Diário III, 25 Julho, 1943/46)