Mata-da-Albergaria

Mata-da-Albergaria

Mata da Albergaria, no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Mata-da-Albergaria
Mata-da-Albergaria

A Mata da Albergaria é um bosque bastante importante do PNPG (Parque Nacional da Peneda-Gerês), não apenas pela sua diversa variedade de fauna e flora, mas igualmente pelos diversos vestígios romanos por lá existentes, como por exemplo o caso da Via Romana em Geira. Os efeitos nocivos tornaram-se ao longo do tempo visíveis, derivado à presença excessiva do ser humano na época do Verão. Porém,  tudo isso não impediu que fosse classificado pelo concelho da Europa, como sendo uma das Reservas Biogenéticas do Continente Europeu.



O PNPG tem como prioridade e missões, o assegurar do património. Foram criadas regras para automóveis, para o melhor funcionamento do Parque.

Algumas dessas regras são:

  • A velocidade máxima de circulação dos automóveis é de 40km/h
  • É extremamente proibido o estacionamento de quaisquer veículos, excepto viaturas do PNPG.
  • Durante os dias úteis será autorizada a circulação de viaturas na reserva, desde de que o excesso de tráfego o justifique.
  • É completamente interdito o trânsito de veículos pesados de mercadorias e de passageiros, excepto quando disponham de lotação não superior a 25 lugares ou de lotação compreendida entre os 25 e os 40 lugares.

Para além destas normas que devem ser respeitadas, não nos podemos esquecer das condutas que devemos ter em locais protegidos, com o objectivo máximo de preservar as maravilhas do Gerês.

Texto baseado no artigo publicado no site http://roteirogeres.blogspot.pt/